Muita porrada na estreia do Polvo FC

Publicado em 24/10/2018
Imagem do Artigo Muita porrada na estreia do Polvo FC

O 1º Polvo Fight Championship agitou a zona norte de São Paulo no último dia 20 de outubro.

Realizado na sede da Polvo Team Fight Club, foram ao todo 18 combates, com a presença de diversas equipes que, acompanhadas por uma torcida muito animada, apoiaram do início ao fim seus atletas.
A arbitragem ficou por conta da FEMMAESP que atuou de forma isenta e autônoma em todos os combates.
O card muito bem casado permitiu que os atletas pudessem se colocar à prova com adversários do mesmo nível, o que fez com que as disputas ficassem muito equilibradas e, na sua grande maioria, serem decididas pelos árbitros laterais.
A luta principal do evento foi a disputa internacional do cinturão profissional da categoria até 70kg, que fechou com chave de ouro. O brasileiro, prata da casa, com atuação de gala, não deu chances ao boliviano e, após aplicar três knockdowns, venceu Emiro Jemio com um lindo nocaute no segundo round e manteve o cinturão em terras tupiniquins.
“Eu venho de algumas lesões, mas isso não impediu de eu subir no ringue e buscar a vitória, cheguei aqui para o tudo ou nada. Quero agradecer primeiro à Deus por estar aqui, à equipe Polvo Team que me acolheu como um filho, principalmente ao Mestre Braz “Polvo” e ao Fabinho, ao professor “Boi” da Triade, minha equipe de Jiu-Jitsu, à minha esposa, meu filho e a todos os alunos”, festeja o campeão Deisivaldo “Sonny”.
Na disputa de cinturão feminino de K-1, com chancela da UIAMA, a atleta visitante Debora “Destruction”, não se intimidou com a grande torcida contra e partiu para cima da anfitriã Luana Pereira, que após uma sequência de golpes desistiu do combate ainda no primeiro round.
Destaque também para a disputa de cinturão na modalidade Submission com dois faixas pretas de Jiu-Jitsu duríssimos. Após uma intensa disputa de pegadas, Daniel “Pit Bull” encaixou uma guilhotina em pé e Tiago Leal contra golpeou com uma ótima queda, porém foi raspado logo na sequência e o primeiro round acabou empatado. Na etapa final, Pit Bull foi mais agressivo, atacou com mais uma guilhotina justa, mas Tiago se defendeu bem, assim como nas tentativas de finalizações no pé. Depois de mais uma raspagem, a luta foi decidida nos pontos, 4 a 2 para Daniel Pit Bull.
As demais lutas, desde o infantil até o card principal, provaram que o Kickboxing em São Paulo está em ótimas mãos. Parabéns à todas as equipes que participaram desta grande festa, em especial à Polvo Team que, com apenas 9 meses de trabalho em sua nova sede, já está apresentando ótimos resultados.
“Junto com o meu sócio, Fabio Pereira, já organizei alguns eventos, mas este veio para ficar, a Polvo Team Fight Club foi projetada também com este propósito, viemos para ‘incomodar’, nossos planos são 4 eventos no ano que vem”, promete Braz “Polvo” Messina, organizador do evento, e finaliza: “Quero agradecer de coração à todas as equipes e aos nossos apoiadores que acreditaram no nosso trabalho, a todos que direta ou indiretamente nos ajudaram a fazer tudo isso acontecer. Oss”

1º Polvo Fight Championship
27/10/2018 - a partir das 15 horas
Av. José Maria Fernandes, 818
Parque Novo Mundo - São Paulo-SP

Disputas de Cinturão

  • K-1 Internacional - 70kg: - Deisivaldo “Sonny” de Vitto (Polvo Team Brasil) nocauteou Emiro Jemio (Thestroy Bolívia) no R2;
  • Submission - Daniel “Pit Bull” Almeida (Half Half) venceu Tiago Leal (Barbosa BJJ) por pontos (4 x 2);
  • K1- 67,5 kg: Debora “Destruction” Silva (Ton Muay Thai) venceu Luana Pereira (Polvo Team) por desistência no R1;

Principal

  • 60 kg: Jean Fernandes (Ton Muay Thai) venceu Matheus Telef (Sport Faisca) por decisão unânime;
  • 75 kg: Bruno Graciano (Veras TK) venceu Érico Alves (Gil Rocha Team) por decisão dividida;

Card preliminar

  • 58Kg: Rangel Lopes de Oliveira Gomes (Ton Muay Thai) venceu Rodrigo Nunes (Oller Team) por decisão unânime;
  • 84 kg: Vitor (Thestroy) venceu Ismael Souza de Oliveira (Polvo Team) por decisão dividida;
  • 80 kg: Lucas André Gave (Polvo Team) venceu Ronald Ramos Santana (Thestroy) por decisão unânime;

Iniciante

  • 80 kg: Maycon Araújo (Rato Team) nocauteou Adenilton Souza "Bahia" (Ricardo Team) no R2;
  • 58 kg: Debora Cassasa de Alencar (Veras Tk/Bruno Graciano) venceu Larissa Pereira Santos (Laporta Bravus) por decisão unânime;
  • 70 kg: Claudenio Araújo (Rato Team) venceu Eder “Dida” dos Santos Messina (Polvo Team) por decisão unânime;
  • 72 kg: Gabriel Souza (Lukchang Muay thai) venceu Fabio Fernando A. Magalhães (Polvo Team) por decisão dividida;
  • 75 kg Vitor Paiva Pereira "Dick" (Polvo Team) venceu Leonardo Souza Ramos (Thestroy) por decisão unânime;
  • 68 kg: Iago Taywan de Araujo "Paraíba " (Polvo Team) venceu Murilo Kung (Ton Muay Thai) por decisão unânime

Infantil

  • 55 kg: Davi Alves (Ricardo Team) venceu João Vitor “Sagat” (Polvo Team) por decisão dividida;
  • 62 kg: Vinicius Ludovico (Lukchang Muay Thai) nocauteou Vinicius Melo de Souza (Sport Faísca) no R2;
  • 65 kg: Jonatan Borges David (Veras Tk/Bruno Graciano) venceu Maykon Gomes da Silva (Inaftali/Serginho Team) por decisão unânime;
  • 56 kg: Ítalo Lima (Polvo Team) venceu André Silva (Ricardo Team) por decisão unanime.

Foto: Marcos Santos

  • World Tatami
  • Pro Fight MMA Brasil 41
  • Polvo Team Fight Club
  • TV Pegada