Presidente explica escolha do Marrocos como sede do Brave 14

Publicado em 04/07/2018
Imagem do Artigo Presidente explica escolha do Marrocos como sede do Brave 14

Após confirmar o Marrocos como destino do primeiro Brave na África, o presidente do evento, Mohammed Shahid, explicou a escolha do país, que será o palco do Brave 14, marcado para o dia 18 de agosto, em Tânger, sob a patronagem de Sua Majestade Rei Mohammed VI do Marrocos.
Para Shahid, o Marrocos é uma excelente porta de entrada para o Brave no continente africano, e reiterou a importância de se organizar um evento global de MMA na África.
"Nós temos planejado um evento na África desde o início do Brave e é uma honra poder organizar um show neste continente. Sempre que o Brave entra em uma nova região, nós sempre analisamos como podemos ajudar o esporte em nível local e global. Nesta análise, percebemos que o Marrocos é o melhor país para o início da nossa jornada africana. Surpreendentemente, nenhum outro grande evento foi para a África e vamos usar essa oportunidade", comentou Shahid.
O dirigente também elogiou o nível do MMA africano, garantindo que o Brave 14 chega para dar oportunidades globais aos lutadores locais, além de conceder a eles uma plataforma global para mostrar seus talentos.
"Este continente tem muitos lutadores duros. Há muito talento na África, além da genética privilegiada. Eles são muito duros mentalmente e têm muito coração. E é nosso trabalho ter certeza de que eles aproveitarão a oportunidade que estamos dando com o Brave 14", comentou.

Foto: Divulgação

  • Polvo Team Fight Club
  • World Tatami
  • TV Pegada
  • Pro Fight MMA Brasil 41