Rafael Baader nocauteia André Silva e conquista o cinturão na Copa Boxe Tailandês 11

Publicado em 01/08/2017
Imagem do Artigo Rafael Baader nocauteia André Silva e conquista o cinturão na Copa Boxe Tailandês 11

A 11ª edição da Copa Boxe Tailandês foi marcada por muito equilíbrio nos combates amadores e profissionais nas regras do Muay Thai. Das 15 lutas, apenas duas terminaram por nocaute. O evento aconteceu no Complexo Esportivo Cobra, na cidade de São José dos Pinhais, região metropolitana de Curitiba, no último domingo, dia 30 de julho.
Na luta principal, Rafael Baader nocauteou o até então campeão André Silva no quarto round e conquistou mais um cinturão para a Master Fight Team, equipe catarinene de Jaraguá do Sul. Este duelo foi considerado pel presidente da organização, Cristofer Padilha, como melhor luta da noite.
O melhor nocaute ficou para Marco Aurélio da Teixeiram Team, que derrotou Paulo Eduardo no segundo round.
Nas lutas amadoras, o destaque ficou por conta da atleta Priscila Vargas, da Evolução Thai, que venceu Fernanda Franco na decisão unânime dos juízes.

AUSÊNCIA:
Tiago Baader iria defender o cinturão frente a Wisley Torto, porém a luta foi cancelada pois o atleta da Chute Boxe passou mal com a perda de peso. Baader no entanto mantêm o título e deve defender na próxima edição do evento.

Copa Boxe Tailandês 11
Domingo, 30 de julho de 2017

MUAY THAI AMADOR:

  • 55 Kg: Bruno Wesley (Teixeira Team/Pontal do Paraná) venceu Andriw Bonfin (World Strong/Fazenda Rio Grande) por decisão unânime dos árbitros.
  • 63 Kg: Carlos Henrique (Rasthai Temple) venceu Juliano dos Santos (Master Fight Team) na decisão majoritária dos árbitros.
  • 70 Kg: Jonathan Senenko (RM Thai) venceu Giovane Negrelli (World Strong/Fazenda Rio Grande) por decisão unânime dos árbitros. 
  • 65 Kg: Erivelton Lobo (Santa Fé Team) venceu Rodrigo Bull (Wng/Noguchi/Gile Ribeiro) por decisão unânime dos árbitros.
  • 80 Kg: Rogério Babiuk (King Star) vence Eduardo Alves (Chute Boxe/The Rock) na decisão unânime dos árbitros.
  • 60 Kg: Dajulia Alana (World Strong/Fazenda Rio Grande) venceu Meryane (PRVT) por decisão unânime dos árbitros.
  • 80 Kg: Douglas Campos "Pirata" (King Star) venceu Bruno Carvalho Reis (PRVT) na decisão dividida dos árbitros.
  • 57 Kg: Priscila Vargas (Evolução Thai) venceu Fernanda Franco (Hard Training) por decisão unânime dos árbitros.

MUAY THAI PROFISSIONAL:

  • 55 Kg: Odécio Goku (Team Krull) venceu Gabriel Jung (MM Fight Team) por decisão unânime dos árbitros.
  • 65 Kg: Rodrigo Vieira (World Strong Fight Team) venceu Júlio Dias (Chute Boxe) por decisão unânime dos árbitros.
  • 61 Kg: Rafael Sherek (Team Bronx) venceu Loibe Neto (Empire MMA) por decisão dividida dos árbitros.
  • 75 Kg: Marco Aurélio (Teixeira Team/Pontal do Paraná) venceu Paulo Eduardo (Team Krull) por nocaute técnico no segundo round. 
  • 65 Kg: Guilherme Pereira (Chute Boxe/Monge) venceu Pedro Teixeira (World Strong / Fazenda Rio Grande) por decisão unânime dos árbitros.
  • 65 Kg: Sérgio Bernardo (SB Muay Thai/Striker's House) venceu Luís Gustavo (Arena Fight Team) por desistência no round extra.

Disputa de cinturão:

  • 65 Kg: Rafael Baader (Master Fight Team) venceu André Silva (Chute Boxe/The Rock) por nocaute técnico no quarto round.

Texto e foto: Marcio Valle - 1º Round

  • TV Pegada
  • Anuncie
  • Arte, criação e comunicação