Marcus Buchecha analisa superluta contra Rafael Lovato Jr no ADCC Trials

Publicado em 07/04/2017
Imagem do Artigo Marcus Buchecha analisa superluta contra Rafael Lovato Jr no ADCC Trials

Maior lutador de Jiu-Jitsu da atualidade terá uma agenda cheia em 2017

O tetracampeão mundial absoluto Marcus Buchecha está com agenda cheia para 2017. Depois de dar uma série de seminários ao redor do mundo, o faixa-preta voltou para a Califórnia e virou a chave para focar nos diversos compromissos que terá dentro dos tatames nos próximos meses. O primeiro deles será uma luta casada contra o americano Rafael Lovato Jr. no ADCC West Coast Trials, que acontece no dia 15 de abril em Anaheim, na Califórnia.
“A expectativa para essa luta contra o Rafael Lovato é muito boa. Nós nunca nos enfrentamos, nem de quimono e nem sem quimono. Na minha opinião, ele é o melhor lutador de Jiu-Jitsu americano da história, o único a conquistar um título mundial com e sem quimono, além de ter feito uma grande carreira no ADCC”, analisou Buchecha.
Faixa-preta dos irmãos Xande e Saulo Ribeiro, Lovato foi o segundo não-brasileiro a se tornar campeão mundial na faixa-preta, feito alcançado em 2007. O americano conquistou outros títulos importantes nos tatames e vem trilhando também um caminho de sucesso no MMA tendo, inclusive, assinado contrato com o Bellator, onde estreou com vitória.
“Ele é um atleta de alto nível, um cara que eu respeito bastante, e isso me motiva muito. Estou treinando forte para essa luta. O ano será bem corrido, esse será o meu primeiro compromisso em 2017. O Leo Vieira (líder da Checkmat) tem muita experiência sem quimono e tem me ajudado bastante nos treinos. Espero ter um grande ano e conquistar todos os meus objetivos”, encerrou Buchecha.
Além da superluta contra Lovato, Buchecha vai competir no Mundial de Jiu-Jitsu, em junho, no GP dos pesados da IBJJF Pro League, em agosto, e no ADCC, que acontece em setembro na Finlândia.

Sobre Marcus Buchecha
Nascido em Santos, litoral de São Paulo, Marcus “Buchecha” Almeida é faixa preta de Jiu-Jitsu de Rodrigo Cavaca. Ele começou na arte suave aos 14 anos, incentivado por sua irmã e por seu pai, Cleiton Almeida, que recebeu a graduação máxima junto com Buchecha, em 2010. Aos 26 anos, Buchecha conquistou os principais torneios da arte suave e é apontado como um dos maiores nomes da história do esporte. Ano passado ele superou uma grave lesão no joelho para conquistar o quarto título Mundial absoluto, feito nunca alcançado por outro atleta. Buchecha planeja migrar para o MMA, onde pretende lutar na categoria dos pesos pesados.

Foto: Luca Atalla/Gallerr

  • World Tatami
  • Pro Fight MMA Brasil 41
  • Polvo Team Fight Club
  • TV Pegada